segunda-feira, 24 de agosto de 2015

O dia de mudar....

Teve um dia que acordei, bichinhos me comiam de vontade de fazer uma mudança fisica em   mim..
Depois da gravidez do segundo filho veio uma insatisfação pessoal, talvez por alguma estrias, aquela barriga mole que insisti em permanecer, as calças que não serviam pelo quadril largo, os peitos cheios de leite que vazam, as olheiras, meu rosto pálido, o cabelo que vivia num rabo, coque ou coisa do tipo....

Hã....O Cabelo...
Lembrei-me de uma vontade antiga, de adolescente...
Passar a máquina nos cabelos, e viver feliz...
Mais de mansinho foi chegando o medo, de fazer "loucura" no calor do momento, de me sentir feia depois...se arrepender completamento e chorar o leite derramado, ou melhor, o cabelo caido...

Me contive...deixei passar uns dias para a idéia amadurecer...
Passar a máquina nos cabelos é uma decisão que engloba muitas coisas além, eu mesma não imaginava que fossem tantas...
Então pedi para uma super amiga, vir fazer o "serviço", tirei foto, me despedi da juba, brinquei de penteados como uma criança, olhava aquela menina que eu me parecia no espelho, anos tinham se passado e eu só conseguia me enxergar como se ainda tivesse 15 anos...

Decidi que a mudança aconteceria naquele dia...minha amiga chegou mais cedo, demos risadas, ela não acreditava, até que se iniciou o ato...
Só faltou colocar a musiquinha do "laços de familia"...Eu ainda não sabia, mais junto com aquele cabelo, eu perdia a identidade daquela menina, a cada fio, eu me despia das inseguranças que sentia, de me esconder atrás de uma personalidade feminina que a sociedade nos impõe, lindas, magras, cabelos longos....eu passava a mão pelo que tinha restado e o medo ia indo embora, tudo que pensei que então poderia sentir não existia mais...Minha amiga repetia, que eu tinha ficado exatamente como ela pensou, confesso: Tive medo de me olhar no espelho...



E quando então me vi dessa vez, encontrei uma mulher...Não é metáfora não, foi exatamente isso que senti...Parecia outra pessoa, aquela que eu buscava a tanto tempo dentro de mim...aflorou....encontrei a minha identidade adulta como mulher feita, engraçado que fui julgada como uma adolescente que faz loucuras, mais tosar os cabelos foi importante para "passar de fase no jogo"...
Meu marido chegou e elogiou, ele já sabia do que iria acontecer e disse que para espanto dele próprio eu tinha ficado linda...

Me senti forte, corajosa, e extremamente segura como não tinha me sentido ainda nem no parto dos meus filhos...
Descobri o poder do batom vermelho, logo eu que não uso nem lapis de olho...vi a vontade de estar mais apresentável, criou-se uma necessidade em mim, de estar mais bonita e arrumada, coisa que nunca tive....engraçado que foi preciso me despir de uma beleza física tão comum, para encontrar outras...
mais engraçado ainda foi muita gente me elogiando, que o corte tinha combinado com o meu rosto, e como eu estava linda...

Incrivelmente não tive medo quando vi por fim, mesmo quando passou alguns dias também não tive nenhum tipo de arrependimento...algumas outras questões pessoais também mudaram....

O dia de mudar realmente mudou tudo!!!


Bjosss



12 comentários:

Flaviana Rocha disse...

Eba! Post! Vou confessar que fiquei com receio por você! Tenho cabelos compridos e acho que eles me fariam uma falta danada! Mas também me surpreendi! Concordo que você ficou LINDA! E não sei porquê, mas você, com esse cabelitcho novo, passa a imagem de uma pessoa muito segura de si! Eu sempre achei admirável pessoas que tem essa coragem! E admiro você muito, sua linda! rs E fica por aqui, não some não tá!? Beijos pra Malu e pro Matheus :*

Lecka disse...

Realmente ficou mto linda e super combinou... Bjs

Fernanda S. Lucena disse...

Confesso que fiquei apreensiva com seu novo corte
Engraçado cm a gente 'se importa' com a aparência do outro né?!
Mas como seu marido disse, surpreendentemente vc ficou linda!!!
Não é todo mundo que ficaria bem sem cabelo!!
Fico feliz que esse novo visual tenha aflorado sentimentos bons e principalmente, que tenha 'surtido' efeito!

Bjooooos
muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

Pequena Mila - Por Mel Penetra disse...

Amei esse seu novo cabelo... amei sua nova fase!!! parabéns....

milu disse...

Parabéns pela coragem!! Ficou linda!!

Alice disse...

Parabéns pela coragem e ousadia. vc ficou linda! Também tenho o cabelo bem curtinho e no começo fiquei um pouco apreensiva tb, por causa daquela história de que "mulher tem que ter cabelo comprido". Mas sei que o que importa é fazer o que faz a gente feliz e é exatamente isso que nos dá "poder". Ter coragem para assumir nossas escolhas. Forte abraço

Alfa & Ômega disse...

Puxa bravura, menina! Acho vc extremamente linda. Assuste-me quando vi porque seu cabelo enriquecia por demais sua beleza! Fique bem, beijinhos nos bebês!

Dani Moura disse...

Olá Keila!
Fiquei um tempo longe dos blogs.. e quando volto você já tem 2 filhos!?! Como o tempo vooa...
Que maravilha!!
Muitas felicidades para você nessa nova fase!!
bjus

Maria Claudia disse...

Oi Keila, lendo suas palavras, senti o quanto você precisava fazer isto. Um novo começo para a vida adulta que agora tens. Te admiro muito. Acompanho seu blog faz tempo. Felicidades sempre para ti e sua linda família.Bjsssss

osimplesmundodemaria.blogspot.com

Vera Martins disse...

Muito corajosa ... Vc é linda de qq jeito pois sua beleza é de dentro pra fora...bjus

MEIREANDAK disse...

bom .não e pra qualquer um ,mas ficou linda ,parabéns

Eliete Miranda disse...

Keila,

Você é uma pessoa muito espiritualizada, engraçado que tenho a mesma vontade e pelos mesmos motivos, como um ritual de passagem mesmo, já fiz alguns, e realmente é libertador!
Você me inspira muito.

Um abraço bem apertado.